Trabalhadores vão às ruas contra o Fator Previdenciário e pela correção da tabela de IR

Todos somos umNeste 12 de novembro as centrais sindicais realizaram um dia de luta em diversas capitais do país contra o Fator Previdenciário e pela correção da tabela de Imposto de Renda (IR).  As manifestações foram realizadas em frente às sedes do INSS e contou também com atos de rua.   Em São Paulo, a mobilização teve concentração na Praça da Sé e percorreu as ruas do centro da capital rumo à superintendência do INSS. Cerca de 800 trabalhadores da ativa e aposentados participaram da passeata.

O membro da CSP-Conlutas São Paulo, Filipe Augusto, também dirigente do Sinsprev (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência do Estado de São Paulo) presente no ato, ressaltou que a mobilização representa a continuidade de luta contra o Fator Previdenciário. “O governo se comprometeu, em reunião realizada no dia 30 de agosto, a dar encaminhamentos sobre o tema, mas até o momento nada fez. Estamos aqui contra o Fator previdenciário que penaliza o trabalhador mais pobre e somos contra a qualquer outro redutor no beneficio”, destacou.   Filipe também se posicionou contra a não correção da tabela do IR. “Seu congelamento prejudica os trabalhadores mais pobres que, com a alta da inflação e reajuste de salários, passam a ser taxados. Enquanto isso, vemos os empresários sendo beneficiados com isenções de impostos”, comparou.

Em Minas Gerais, as centrais sindicais unificaram e ampliaram a pauta. Juntamente com os metalúrgicos de Contagem, que estão em campanha salarial, fizeram o travamento da BR-381. Além da pauta nacional, a manifestação denunciou o banco de horas prática que a patronal tenta impor aos metalúrgicos de MG. “Também levantamos a bandeira contra as terceirizações via PL 4330, o banco de horas que querem impor aos metalúrgicos daqui vai no mesmo sentido de precarizar e flexibilizar direitos”, destacou o membro da CSP-Conlutas MG presente do ato, Geraldo Araujo,  o Batata.   Estão previstos atos de mesmo caráter em Alagoas, Ceará, Distrito Federal, Sergipe, Rio Grande do Sul, Paraná, Pará, Mato Grosso, Goiás. – See more at: http://cspconlutas.org.br/2013/11/trabalhadores-vao-as-ruas-contra-o-fator-previdenciario-e-pela-correcao-da-tabela-ir/#sthash.Xe2OpWiQ.dpuf

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s