Diga não à privatização e ao leilão do nosso petróleo!

leilo de libra

Por FENAJUF

A farsa da campanha eleitoral da atual Presidente Dilma caiu. Eleita com um discurso de que “seria um crime privatizar o pré-sal”, esta agendada para hoje o leilão da bacia de Libra.

A Bacia de Libra é a maior descoberta de petróleo do país e uma das maiores do mundo. Libra, descoberta sozinha pela Petrobras, dobrará as reservas brasileiras(concentra aproximadamente 12 bilhões de barris). Logo, Dilma colocará à venda um bem estimado em R$ 3 trilhões pela bagatela de R$ 15 bilhões(valor da privatização).

A Fenajufe, que aprovou em seu fóruns pelo “Petróleo  100% estatal!”, vem denunciar este ataque à soberania nacional, pois o governo busca entregar aos capitais privados um patrimônio da sociedade brasileira, conquista  histórica da década de 1950, quando a classe trabalhadora encampou a campanha “O Petróleo é Nosso!”.

O que está por trás desse leilão?

Os governos dos dois países mais populosos do mundo, China e Índia, os quais impõem as piores formas de precarização conhecidas à classe trabalhadora, fecharam acordo para saquear conjuntamente o petróleo e o gás natural em todo o mundo. Uniram-se, assim, a IBV/ONGC (indianas) e Sinopec/CNOOC/CNPC (chinesas) para atuar com esse objetivo no Brasil.

China e Índia são deficitárias em petróleo. Seus governos, então, decidiram que é melhor suas empresas petrolíferas cooperarem entre si no saque às outras nações do que competirem umas com as outras. Junto dessas empresas chinesas e indianas está a norte americana ConocoPhillips.

O Governo Dilma, da maneira mais subserviente possível, entrega o petróleo dos campos brasileiros aos países carentes de petróleo. E, simultaneamente, obriga a Petrobras a se desfazer do seu patrimônio, entregando-o também às multinacionais do setor. A criação da Pré-Sal Petróleo SA (PPSA) é o marco histórico do fim dos 60 anos da Petrobras.

Solidariedade à greve dos petroleiros

Nos solidarizamos também com os trabalhadores petroleiros que desde o dia 17 de outubro estão em uma greve nacional que tem como principal pauta  barrar o leilão das bacias petrolíferas de Libra, além de outras como derrotar o PL 4330/04, que legaliza as terceirizações em atividades fins; e arrancar da Petrobras uma proposta que contemple a reivindicação dos trabalhadores, ou seja, 16,53% de aumento no salário base, sendo 10% de ganho real e 6,53 de reajuste pelo ICV-Dieese.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s