‘Supersecretário’ Vedroni assume previdência

São José do Rio Preto, 3 de janeiro de 2002Vedrone3

Por Fabrício Carareto

O advogado de carreira Adilson Vedroni ganhou ontem status de supersecretário na Prefeitura de Rio Preto ao acumular, ao mesmo tempo, o comando da Secretaria de Administração, da previdência municipal e a vice-presidência da Comissão de Licitações. O prefeito Edinho Araújo (PPS) confirmou ontem Vedroni, titular da pasta de Administração, como superintendente do Rio Preto Prev. A autarquia será responsável por gerenciar o fundo de previdência dos servidores municipais. O anúncio oficial da nomeação do secretário será feito hoje. Além da superintendência, ele foi nomeado ontem para vice-presidência da Comissão de Licitação, que será conduzida pelo seu assessor, o também advogado de carreira Luís Roberto Thiesi. Vedroni integrou a comissão em 2001. O secretário de Administração nega que tenha ganho superpoderes e diz que terá, na Rio Preto Prev, apenas função executiva. “Quem decide o que será feito é o Conselho Municipal da Previdência”, diz. “Já na Comissão de Licitações, vou apenas assessorar o presidente”.Ainda assim, ele confirma que tem interesse especial para que o sistema próprio de previdência dê certo. “Sou servidor e, além disso, tenho a confiança do prefeito como secretário”, afirma Vedroni, que assumiu a Secretaria de Administração em maio de 2001, com a saída de Cláudio Leme. De acordo com o prefeito, um dos motivos da nomeação de Vedroni para a Rio Preto Prev foi econômico. “Ele vai receber apenas um salário”, diz Edinho. Tanto o salário de secretário quanto o de superintendente da previdência é de R$ 5 mil. A previsão da Prefeitura é de que a receita mensal da previdência municipal, que começará a operar em abril, chegue a R$ 1,1 milhão. O valor será suficiente para pagar 335 servidores inativos e pensionistas que consomem R$ 666 mil da administração. Para a Rio Preto Prev, os funcionários contribuirão com 11% do salário, enquanto a contrapartida da Prefeitura será de 22%.Comissão de Licitações
Além de Vedroni e Thiesi, o prefeito colocou na Comissão de Licitação outros três servidores de carreira que atuam no departamento de compras. Edinho aceitou o desligamento do ex-presidente da comissão José Carlos Mazza, de Sérgio Nonato e de Ed Cabrera. “Fizeram um ótimo trabalho, mas preferi ficar com uma equipe mais caseira”, afirma o prefeito. Cabrera será o assessor jurídico da Rio Preto Prev. Os outros dois ex-membros receberam convites para continuar na administração, mas em outros setores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s